quarta-feira, 29 de abril de 2015

JESUS PODE RECONSTRUIR SEUS SONHOS

João 18.10
 Nas primeiras 2 terças-feiras nós aprendemos um pouco sobre os gigantes que se colocam diante de nós...
Aprendemos na primeira terça-feira sobre o gigante que se colocou diante do povo de Israel que estava aprisionado no Egito, e aprendemos que com a “Pedra da Fé” eles conseguiram vencer e que nós também podemos vencer.
Aprendemos na semana passada, que a maioria dos gigantes que aparecem diante de nós, na maioria das vezes somos mesmos que os alimentamos e os tornamos grandes, mas aprendemos também que a partir da hora que decidimos passar por um processo de mudança de mentalidade as coisas com certeza irão mudar, com certeza os gigantes cairão por terra em nome de Jesus, e por isso você recebeu aqui a “Pedra da mudança de mentalidade.”

E hoje você vai em nome de Jesus derrubar um gigante que por muitas vezes tem se colocado a frente das pessoas, e as tem feito recuar de seus projetos, é o gigante do desanimo, que por sua vez prova a falta de sonhos.
Porque quem não sonha não tem projetos, quem não sonha, não planeja, e que não planeja não alcança nada, quem não tem planejamentos não chegara a lugar nenhum.

E hoje eu gostaria de falar um pouco sobre sonhos, e entregar nas suas mãos hoje a pedra da “Restituição...”hoje você vai voltar a sonhar em nome de Jesus, hoje você terá os seus sonhos restituídos em nome de Jesus.

E nós vamos falar um pouco sobre uma pessoa que pouco comentada na bíblia, seu nome é Malco...

Muita gente talvez não o conheça ou, apesar de já ter visto o seu nome na Bíblia, não tenha entendido que, embora fosse um personagem secundário, um mero figurante, Malco tem uma história belíssima.
O nome de Malco é citado no capítulo 18, versículo 10, do evangelho de João como servo do sumo sacerdote. Ele havia sido golpeado na orelha direita por Simão Pedro. Muitas pessoas, erroneamente, acham que Pedro cortou a orelha de um soldado, mas, na verdade, cortou a de Malco. 
E quem era Malco?
Era um homem que tinha um sonho: ser um sacerdote. Segundo historiadores, Malco passou a vida estudando, obedecendo as regras, as leis e estava a um passo de tornar-se um sacerdote quando, a mando do seu superior, foi ao encontro de Jesus para  prendê-lo.
De acordo com a lei vigente na época, quem queria ser um sacerdote não poderia ser gago, surdo ou ter qualquer defeito no corpo. Poderia até ter um problema na orelha esquerda, mas a direita tinha que estar em perfeito estado.
“Então, Simão Pedro puxou da espada que trazia e feriu o servo do sumo sacerdote, cortando-lhe a orelha direita; e o nome do servo era Malco.” (João 18.10)
Tirando lições
Quantas vezes nós nos dedicamos, batalhamos por algo e quando chega a nossa vez de ser coroado eis que algo acontece e corta, literalmente, os nossos sonhos pela raiz.
E às vezes quem puxa a espada para cortar os nossos objetivos é alguém que está andando com o Mestre, ou alguém tão próximo de nós.
Todos os evangelhos fazem uma referência a esse fato (leia Mateus 26:51-52, Marcos 14:47, João 18:10-11). Mas somente Lucas o médico, nos conta acerca da cura.“Mas Jesus acudiu, dizendo: Deixai, basta. E, tocando-lhe a orelha, o curou.” (Lucas 22.51)
Jesus sabia dos sonhos de Malco, e que aquela cura não representava apenas um milagre físico, mas também espiritual.
Para não esquecer
Deus vê todas as coisas. Ele sabe dos nossos sonhos. E quando a nossa vida está nas mãos Dele, ainda que alguém tente frustrar os nossos objetivos, eis que Jesus nos acode e nos cura e reconstrói os nossos sonhos.
Ainda não é o fim. Jesus Cristo pode reconstruir aquilo que foi quebrado, curar o que está ferido e alicerçar o que está prestes a ruir.
Que assim como Malco nos lembremos que em meio a tantas coisas que estão acontecendo, quando estamos no limite de nossa dor, ou achando que chegamos ao fim da linha, eis que Jesus chega e diz: “Basta. Essa luta não é só sua. É minha também.” E nos traz a cura.
Que, a exemplo de Malco, possamos deixar Jesus reconstruir os nossos sonhos.
Jesus é um restaurador de sonhos... Há coisas que Deus quer que morram em sua vida, mas não os sonhos que Ele tem para você.

Jesus quer que você faça morrer sua natureza pecaminosa, mas não os seus projetos

Os sonhos de Deus para nós precisam ser ressuscitados
Podemos melhorar a nossa qualidade de vida se permitirmos que Jesus ressuscite nossos sonhos.

Precisamos ter sonhos nas seguintes áreas:
Moral – Ter um bom testemunho diante das pessoas.
Material – Ter o suficiente para a nossa sobrevivência: emprego, casa, carro.
Familiar – Ter uma família estruturada na Palavra de Deus.
Espiritual – Ter um ministério frutífero.
Esta unção de vida e ressurreição precisa vir sobre nós para que cheguemos à estatura de varão perfeito (Ef. 4:13). Sabemos que Jesus Cristo veio para transferir da vida d’Ele a nós (Rm. 8:11). Ele traz vida, porque é o autor da vida.

   Você tem sonhos para sua vida? Muitos dos seus sonhos foram esquecidos, engavetados?
   Nossos sonhos morrem, porque deixamos entrar o que não devia e, então, não mais podemos sonhar.
   Quantos sonhos maravilhosos morreram porque ficamos com medo de enfrentar a guerra...


Hoje Deus derruba esses gigante que estava te impedindo de sonhar, hoje Deus entrega na sua mão, a pedra da restituição.

Um comentário: