terça-feira, 31 de maio de 2016

40 SINAIS DE QUE VOCÊ É FILHO(A) DE PASTOR


40 SINAIS DE QUE VOCÊ É FILHO(A) DE PASTOR
  1. Você aprendeu a desenhar durante a pregação.
  2. Você já dormiu no banco da igreja, seja durante o culto ou depois enquanto esperava seu pai acabar de conversar com todo mundo.
  3. Você abre e fecha a igreja. Praticamente toda semana.
  4. Quando a professora sai da sala, você é uma de duas:
A-pessoa que ela coloca como responsável de “tomar conta da sala”
B-primeira pessoa para quem ela diz: “Nada de bagunça”
  1. Você era o terror dos professores da escolinha dominical.
  2. Você ouviu desde pequeno que “você tem que dar o exemplo”.
  3. Quando juntava um grupo de amigos da igreja na piscina, você brincava de “batizar” todo mundo.
  4. Você já vestiu o paletó do seu pai e fingiu pregar no espelho.
  5. Quando criança, sua diversão no final do culto era pegar o microfone e fingir que estava pregando.
  6. Você já tentou pegar o pãozinho da ceia depois do culto.
  7. No final do culto, você é quase sempre o primeiro a apostar corrida no corredor do santuário.
  8. Você já se escondeu em baixo do púlpito ou em baixo da mesa da ceia.
  9. Você é sempre escolhido para ser Jesus, cantar o solo ou algo do tipo na cantata de Natal.
  10. Você toca pelo menos um instrumento no louvor da sua igreja. Caso você não saiba tocar nada (mesmo depois de tentar muito e se frustrar), você canta no back… ou dirige o louvor.
  11. Você aprendeu a pregar, dirigir louvor, orar em público e / ou tirar oferta antes de aprender a dirigir um carro.
  12. Você já participou do grupo de louvor, já pregou, já deu aula na escolinha, ficou na mesa de som, serviu a ceia, trabalhou na introdução, abriu a porta…
  13. Você sabe dos “podres” de metade da igreja.
  14. Metade da igreja sabe dos seus “podres”.
  15. Ao visitar uma igreja (quase sempre acompanhando seu pai que é o pregador convidado), alguém que você nunca viu antes vem falar contigo e sabe seu nome, sua idade, sua cor predileta, seu desenho preferido, pelo menos uma história engraçada (leia-se: constrangedora) a seu respeito… e por aí vai.
  16. Carnaval é sinônimo de retiro ou acampamento da igreja.
  1. Você começou a freqüentar retiros de juventude antes de sequer ter idade para freqüentar a juventude.
  2. Você sabe organizar a grade de horários de um retiro inteiro antes mesmo de ter prestado seu primeiro vestibular.
  3. Você já passou tardes das suas férias na igreja enquanto seu pai fazia gabinete ou sua mãe arrumava a escolinha.
  4. Se você é menino, a pergunta “Você quer ser pastor?” sempre vem depois de “Qual é o seu nome?”. Se você é menina, a pergunta é “Você quer ser esposa de pastor?”
  5. Sua infância serve de inspiração para dezenas de milhares de ilustrações de pregações do seu pai.
  6. Alguma mãe da igreja pediu para você ser amigo do filho dela para ele aprender com seu bom exemplo.
  7. Quando criança, você ganhava vários presentes fora de época, por ser o queridinho dos tio(a)s.
  8. Na hora da gincana bíblica, você é um dos primeiros (se não for o primeiro) a ser escolhido para fazer parte do time. E isso independe do fato de você conhecer bem a Bíblia ou não.
  9. Sabe aquele pastor que todo mundo quer ouvir pregar e bater foto com ele? Você provavelmente conhece ele desde pirralho e chama ele de tio.
  10. Alguém já te perguntou: “Seu pai é muito sério?”
  11. Alguém já te perguntou: “É ruim ser filho de pastor?”
  12. Você já cansou de responder essas perguntas.
  13. Você já tomou bronca de púlpito.
  14. O seu pediatra ou dentista ou oculista (pelo menos um médico seu de longa data) é ou foi membro da sua igreja.
  15. Metade do seu guarda-roupa foi usado e dado por alguém da igreja ou será dado para alguém da igreja um dia.
  16. Alguém (leia-se: muitos “alguéns”) já pediu para você conhecer o(a) sobrinho(a), filho(a) dele(a). Assim… sem compromisso algum.
  17. Alguém que você nunca viu na vida (ou pelo menos não lembra) já te pegou no colo, trocou sua fralda, te viu quando você nem falava ainda, te deu aula na escolinha…
  18. Você já dormiu na casa do diácono / pastor auxiliar (seja soneca de tarde enquanto seu pai terminava alguma coisa da igreja ou passar a noite mesmo).
  19. O filho do diácono / pastor auxiliar é seu melhor amigo na igreja (leia-se: cúmplice de todas as suas bagunças de criança, geralmente dentro da igreja).
  20. Seus amigos sempre pediam para você começar a bagunça ou fazer alguma coisa que provavelmente levaria a uma bronca, porque sabiam que você não tomaria bronca.

Creditos: http://oblogdoandrew.wordpress.com

quinta-feira, 19 de maio de 2016

VIVENDO COM EXPERIÊNCIAS OU COM A PRESENÇA DE DEUS?

Êxodo 3.18 18 "As autoridades de Israel o atenderão. Depois você irá com elas ao rei do Egito e lhe dirá: O Senhor, o Deus dos hebreus, veio ao nosso encontro. Agora, deixe-nos fazer uma caminhada de três dias, adentrando o deserto, para oferecermos sacrifícios ao Senhor nosso Deus.

 8.28 28 Disse o faraó: "Eu os deixarei ir e oferecer sacrifícios ao Senhor seu Deus no deserto, mas não se afastem muito e orem por mim também".

33.15 15 Então Moisés lhe declarou: "Se não fores conosco não nos envies.

Moisés disse para o Senhor, se a sua presença não estiver comigo eu não vou a lugar nenhum.
O que Moisés estava dizendo para Deus??? Ele estava dizendo assim: Senhor, as outras nações podem confiar nos seus exércitos, quem tem dinheiro pode até confiar no seu dinheiro, mas nós precisamos da sua presença.
“O que faz a diferença entre o crente e o incrédulo é a presença de Deus.”

O que faz a diferença nesse lugar é a presença de Deus, a diferença entre a igreja e um estádio repleto de pessoas sentadas nas arquibancadas, é a presença de Deus, se não houve-se aqui a presença de Deus, seria como se nós estivéssemos sentados em uma arquibancada para ver um show ou uma partida de futebol.
O que faz a diferença entre uma pessoa que carrega a bíblia e os que não carregam, não é a bíblia, mas é a presença de Deus. O que faz a diferença entre uma pessoa e outra não é a sua roupa, mas é a presença de Deus.
Por isso Moisés disse para Deus...se a Sua presença não for comigo eu não irei. Moisés sabia a importância de estar com a presença de Deus.
Porque se a Sua presença estiver com a gente Senhor, ninguém pode fazer mal pra gente.

É como se Moisés estivesse dizendo...se a Sua presença estiver comigo, a doença não pode me atingir, a miséria não pode me atingir, se a sua presença estiver com a gente, o diabo não pode me tocar.
Mas se a sua presença não estiver com a gente, qualquer vento pode nos derrubar, qualquer um pode nos destruir.
Veja bem...Moisés teve várias, inúmeras experiências com Deus, mas ele disse para Deus...Senhor, eu não quero mais ter experiências.
Eu vou explicar para você...Deus havia dito para Moisés...eu não vou com você, mas eu vou mandar um anjo, um anjo andar com a gente é ter uma experiência tremenda...sim ou não???

Moisés disse...Senhor eu não quero um anjo, eu não quero mais uma experiência eu quero a sua presença. Você sabe o anjo que tocou a igreja hoje, que trouxe os milagres em uma bandeja, ele é bom, mas nós queremos mais ele, nós queremos a presença de Deus.
Moisés disse assim...o que faz a diferença na minha vida Senhor, é a sua presença, então se a sua presença não estiver comigo eu não quero sair daqui.
Deus disse mas eu não vou com você, eu vou mandar um anjo e você vai te experiências sobrenaturais com esse anjo...mas Moisés disse não Senhor, porque nos momentos difíceis o que vai me sustentar é a sua presença.
Tem pessoas que vivem experiências com anjos, com Deus e mesmo assim largam tudo. Mas porque???

Porque elas tiveram experiências com Deus, elas não tiveram a presença de Deus, porque quando você vive com a presença de Deus, você não quer recuar, você não quer mais andar sem a presença de Deus.
De repente você se pergunta mais porque o pastor está pregando isso...entenda.
Eu acredito em milagres, eu oro para que milagres aconteçam, mas o que me sustenta não são os milagres, o que me sustenta é a presença do Senhor Jesus.

Você vai ver que a hora em que você passar por um momento difícil todo mundo vai te deixar, inclusive os milagres. Ai você fala...poxa eu preciso tanto de milagre, porque que não acontece um milagre agora.

Você procura aquela irmã Mariazinha ela sumiu, procura o irmão Joãozinho ele sumiu, seu líder sumiu...a única coisa a única pessoa que não te abandona é a presença de Deus.
Então Moisés, o homem das experiências, disse para Deus, eu não quero mais uma experiência, eu não quero mais um anjo, eu não saio daqui se a sua presença não estiver comigo.
E ai como resposta Deus disse...a minha presença irá contigo, e te fará descansar.
Olha que coisa linda que o Senhor disse para Moisés...a minha presença vai com você e te fará descansar.
Deus estava dizendo...não importa a luta que você vai enfrentar lá na frente, a minha presença estará com você e te fará descansar.
Não importa a luta que você está passando meu irmão, se a presença de Deus estiver com você ela te fará descansar.

Gente...quem quer experiência, Deus te dá experiências, mas Ele tem algo maior pra te dar.
Só a presença de Deus pode fazer a gente descansar, só a presença pode nos fazer descansar, mesmo no meio das guerras Moisés você vai descansar, porque a minha presença vai com você. Mesmo no meio das tempestades você vai descansar porque a presença de Deus estará com você.
A presença de Deus é a diferença entre quem perde e quem ganha. O que faz a diferença aqui nessa igreja não é o pastor, não é o ar, não é o som, mas é a presença de Deus.
Se nós perdermos a presença de Deus, nós perdemos tudo.
Entenda...faça o que tiver que fazer, mas não perca a presença de Deus na sua vida, porque o dia em que você perder a presença de Deus na sua vida você perdeu tudo.
Por isso Moisés disse...eu não saio daqui se a Sua presença não for comigo.
Olha o exemplo da presença de Deus...Deus disse a Gideão: vai nessa tua força, porque o Senhor teu Deus é contigo, e livrarás Israel.
Deus prometeu a Josué que nenhum inimigo o resistiria enquanto a Sua presença estivesse com ele. Deus disse assim como eu fui com Moisés, eu também serei contigo...Josué perguntou porque, Deus respondeu...porque a minha presença é contigo.

Entenda... se a presença de Deus estiver com você, você vai passar pelo fogo e não vai se queimar, vai passar pelas águas e não vai se afogar.
Então Moisés vai...mas ele foi porque a PRESENÇA DE DEUS estava com ele..
Deus estava mandando Moisés para onde??? Para libertar o povo do Egito.
A partir daí é que entra o poder da fé sobrenatural. Quando todas as chances humanas são descartadas e a pessoa passa a viver exclusivamente na dependência de Deus, então, o milagre começa a ser gerado, o povo estava cativo no Egito, a benção o milagre deles estava retido, alguma coisa precisava acontecer...olha o que nós lemos “O Senhor, o Deus dos hebreus, veio ao nosso encontro.”  e o outro versículo diz: “Eu os deixarei oferecer sacrifícios ao Senhor”

MOISÉS SACRIFICOU E FEZ O POVO ENTENDER QUE TINHA QUE HAVER O SACRIFÍCIO PORQUE O SACRIFÍCIO ATRAI A PRESENÇA DE DEUS.

O povo de Israel, embora fosse em número superior aos egípcios, encontrava-se cativo no Egito. Naquele lugar, não podiam contar com nada a seu favor a não ser a Palavra de Deus. Foi então que começaram a clamar e o Senhor desceu para socorrê-los.
Quando o povo hebreu entrou no Egito, eram em número de setenta pessoas que levaram consigo os rebanhos de gados. Houve uma multiplicação dos animais, mas faraó passou a administrá-los.
De repente, apesar de ser um cristão, a sua vida tem sido assim. A Bíblia diz que a terra toda é de Deus, logo tudo o que existe de bom nesta terra é d’Ele.
Então, por que você não tem tomado posse disso? A verdade é que muitas pessoas têm se conformado com a vida que levam. Como é que pode a pessoa crer num Deus grande e viver de migalhas?

“Porque elas tem se conformado em viver de experiências e não com a presença de Deus.”
A Bíblia descreve que Moisés não se conformou com aquela situação e bateu de frente com o faraó, assim, quando o povo de Israel saiu do Egito, levou consigo todos os seus pertences, não deixando sequer uma unha para trás. Acontece que entre o Egito e a benção havia um deserto e ali deveriam oferecer todo o gado em sacrifício a Deus.
No total, eram mais de três milhões de pessoas, incluindo mulheres e crianças. Se não confiasse em Deus, Moisés poderia ter dito: “Mas se sacrificarmos todos os rebanhos, de que forma iremos alimentar todo esse povo?” contudo, não foi esse o seu pensamento, no fundo, sabia que lá na frente, o que Deus tinha preparado era imensamente maior do que aquilo que tinham para oferecer-Lhe.
Portanto, para que a pessoa possa ter um experiência gloriosa com Deus, entre o seu problema e a sua benção, também tem que haver um deserto.
Mas veja bem...o povo de Deus passou pelo deserto porque eles sacrificaram...e Deus mandou maná para prover.

Quando você sacrifica você atrai a presença de Deus.
A pessoa somente obterá a vitória em todos os setores da vida, a partir do momento em que aprender a viver na dependência exclusiva de Deus.

O povo sacrificou e Deus proveu, está precisando de uma saída, está na hora de sacrificar.